São José da Vitória: Público lota praça na segunda noite de festa

Mais uma vez, o povo prestigia a cidade de São José da Vitória, lotando a praça

Com a praça totalmente lotada, o 30º aniversário de São José da Vitória é marcado, mais uma vez, pelo sucesso. Um público estimado em mais de 20 mil pessoas, que se divertiu até as primeiras horas deste domingo, ao som de Lambatop, banda Stylo, Sinho Ferrari e frank Aguiar. Para hoje, último dia da festa, as atrações são Xamego a Mais, Lambasaia , Pipoco do Trovão e Amigos da Sofrência.Prefeito Jeová Nunes, foi aplaudido em praça público e já anunciou as primeiras atrações para o réveillon da cidade.Secretário de Finanças Chita disse que o sucesso da administração é devido o respeito e responsabilidade com o dinheiro público que o governo de Jeová tem. Para o presidente da Câmara de Vereadores, José Nunes ( Zé Preto ), o prefeito tem apoio da câmara, porque trabalha com seriedade, os funcionários recebem em dia, o comércio funciona, a administração funciona em todos os setores.O cantor Sinho Ferrari foi  a primeira contratação para o réveillon deste ano e agradeceu ao prefeito. ” Estou em casa, porque este público me ama e eu os amo. O prefeito Jeová é um dos melhores gestores da região e faz a melhor festa para o seu povo. São José está de parabéns”, declarou.


Mala caiu com drogas no Alto da Tapera

Ilhéus-  Equipe da 68 recebeu um chamado do  Alto da Tapera e Alto da Uberlândia, para apurar intenso tráfico de drogas na localidade.  Os policiais conseguiram  flagrar  Rafael de Jesus Cardoso, 20 anos, residente na Rua Visconde de Santo Amaro, 21, no Basílio, onde foi encontrado com ele 19 papelotes de cocaína, 35 papelotes maconha, 01 corrente de prata e a quantia de R$ 130,60 reais em espécie.

 


Mais um acidente em na festa de Itapé

Acidente na rodovia que liga Entrocamento e Itapé, com vítimas feridas. Colisão frontal entre uma Frontier e um Celta. Um rapaz que estava no Celta, identificado como Ceará foi atendido pelo Samu, os demais não sofreram ferimentos.


Elemento preso com revolver no Vilela

 Um guarnição a bordo da viatura de prefixo 7001 flagrou um indivíduo em atitude suspeita na entrada do Teotônio Vilela, por volta das 17h50 deste sábado, 15.

Na abordagem, os Pms encontraram um revólver calibre .38  com 06 cartuchos intactos. Foi dado a voz de prisão ao suspeito, bem como a arma apreendida, sendo conduzido e apresentado na delegacia para registro de ocorrência.

 



Mataram Flávio na Vitória

Um homem identificado como  Flávio Chaves, foi executado a tiros na noite de ontem,  no bairro Nossa Senhora da Vitória, zona Sul em Ilhéus. Testemunhas contaram que a vitima andava tranquila pela rua, quando foi abordado por um elemento, que deflagrou diversos disparos, Flávio morreu no local.


Motorista se perde em curva e capota o veículo em Itapé

Festa em Itapé é sinal de acidente. Com a rodovia cheia de curvas, a adrenalina misturada com bebidas alcoólicas n final da festa, termina em acidente. Nesta madrugada, mais um acidente ocorreu, onde um motorista não identificado, perdeu o controle do carro, em uma curva próximo ao entroncamento e acabou caindo em ribanceira. A vítima foi levada para o hospital de Base.



Ilhéus: Marquinho da Conquista caiu com drogas

Policiais do PETO 68 durante patrulhamento no bairro da Conquista, no  Santa Clara , área dominada pelo  tráfico de drogas, prenderam  Marcos Miguel Dantas, vulgo Marquinhos. Um elemento que estava em companhia do comparsa, conseguiu fugir, enquanto a PM encontrou em poder de Marcos 16 papelotes de cocaína e a quantia fragmentada de R$ 120,00.



DTE/Itabuna incinera 700 quilos de drogas

Setecentos quilos de drogas, entre maconha, crack e cocaína foram incinerados, na quinta-feira (13), em Itabuna, por equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), unidade subordinada ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

A ação foi acompanhada por representantes da Vigilância Sanitária. Os entorpecentes incinerados foram apreendidos durante operações da DTE e da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Itabuna, durante os anos de 2017 a 2019.



Caso Mastique: laudo atesta que delegado estava sob efeito de drogas e álcool no dia em que reagiu e foi baleado pela PM

A defesa do cabo da PM, autor do disparo que matou o delegado José Carlos Mastique, diz que o militar agiu sob legítima defesa, não só dele mas de terceiros 
Quase dois meses após o caso trágico e polêmico envolvendo um delegado e policiais militares, no centro de Itabuna, finalmente saiu o laudo com o resultado dos exames feitos no corpo do delegado José Carlos Mastique, que acabou morrendo na confusão, após ser baleado por um dos PMs.
Segundo a perícia, vestígios de cocaína foram encontrados no sangue da vítima. Nos exames de urina, também foram detectados traços da mesma droga, além de cocaetileno, que é uma substância formada no fígado, oriunda da metabolização do álcool com cocaína. Segundo estudos, os efeitos dessa mistura são mais longos e duradouros do que o entorpecente usado isoladamente.
Diante desse laudo, a defesa dos policiais confirmou aquilo que já suspeitava: a de que o delegado, no dia do ocorrido, estava sob influência de drogas e álcool, fator que o fez perder o controle emocional e psíquico.
Partindo desse princípio, o advogado de defesa concluiu que Mastique, alterado pelo uso das substâncias já citadas acima, teve uma reação negativa à abordagem feita pela PM em serviço e puxou a arma contra a guarnição, desencadeando, assim, a defesa por parte dos militares.
“Isso comprova que não houve qualquer ilegalidade na conduta do policial militar, que agiu em legítima defesa própria e de terceiros”, atestou o advogado.
O caso
O delegado José Mastique foi morto com um tiro, disparado por um cabo da Polícia Militar, identificado como Cleomário, que estava em serviço, na madrugada do dia 28 de abril, um domingo.
O fato aconteceu em um posto de gasolina, localizado ao lado do Shopping Jequitibá. Segundo relatos de uma testemunha, o delegado estava com o carro estacionado no local, onde funciona também uma loja de conveniências, quando um morador que passava naquele momento, por volta das 4h, estranhou o carro parado e viu que havia um homem armado no veículo. Com medo, chamou a PM.
A guarnição, então, iniciou as abordagens de rotina, ainda sem saber, de acordo com a PM, que o tal homem armado se tratava, na verdade, de um delegado da Polícia Civil, que teria sacado a sua arma em direção aos soldados.
A reação do delegado fez com que o cabo da PM atirasse, atingindo Mastique, que ainda foi socorrido para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mas não resistiu aos ferimentos. José Carlos Mastique já atuou como delegado em Itabuna e outras cidades da região.
Informações: Verdinho Itabuna

Lula diz que vazamento põe em dúvida facada em Bolsonaro

Lula diz que vazamento põe em dúvida facada em Bolsonaro
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) em entrevista gravada na quarta (12) e transmitida na quinta (13) pela emissora TVT. Juca Kfouri, blogueiro do Uol, e o jornalista José Trajano falaram com o petista na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde ele está preso desde abril do ano passado.
Lula disse que, como resultado de sua ausência nas duas últimas eleições, “o país pariu essa coisa chamada Bolsonaro”.
Ele também questionou o ataque a faca que vitimou o então candidato à Presidência em Juiz de Fora (MG). Após o episódio, Bolsonaro passou por duas cirurgias.
“Eu, sinceramente…aquela facada tem uma coisa muito estranha, uma facada que não aparece sangue, que o cara é protegido pelos seguranças do Bolsonaro”.
Confrontado por Juca Kfouri sobre os eleitores que se sentiram traídos pelo PT, Lula disse que havia outros candidatos para as pessoas exercerem “vingança”.
“Alguém que se sentiu traído pelo PT não poderia ter votado no Bolsonaro. Se o cara se sentiu traído, poderia ter votado em coisa melhor, o Boulos foi candidato, o Ciro, embora não mereça porque é muito grosseiro, foi candidato”, disse.

Parafraseando o escritor moçambicano Mia Couto, Lula disse que a sociedade, com medo, se aproximou do “monstro para pegar proteção” e elegeu o que classificou como “o pior dos coronéis”. Ele mencionou que o pesselista tem filhos no Senado, na Câmara de Deputados e na Câmara Municipal do Rio.
“Ele [Bolsonaro] conseguiu se vender para a sociedade enraivecida como antissistema. E a tendência é não dar certo”, disse, criticando a gestão de Bolsonaro.
Lula também diz que deseja voltar a ser presidente para “rever e refazer coisas que eu não tinha consciência de que era preciso fazer” e defendeu mais concorrência entre os meios de comunicação.
“Esse país não pode ter os meios dominados por nove famílias. É preciso regular. A última regulação é de 1962, quando não se tinha nem telefone celular.”
Mensagens de Moro vazadas Sobre as publicações de conversas vazadas entre o ex-juiz federal Sergio Moro, agora ministro a Justiça, e o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Lula disse que trouxeram “a verdade à sociedade brasileira”, mas que não arriscaria dizer que consequências terão as revelações. As mensagens foram divulgadas pelo site The Intercept Brasil, que afirma tê-las recebido de fonte anônima.
“Estou ficando feliz com o fato de que o país finalmente vai conhecer a verdade”, disse, ressaltando que sempre disse que “Moro é mentiroso” e estava “condenado a condená-lo” porque “a mentira tinha ido muito longe”. Disse ainda que o procurador Deltan deveria ter sido preso ao dizer que não tinha provas, mas tinha convicção. “Ele deveria ter sido preso ali.” Essa frase, contudo, não foi proferida pelo procurador da forma como foi divulgado na internet e nas redes sociais.
“Pode pegar a turma da força-tarefa, o Moro, enfiar num liquidificador, e quando for tomar o suco, não dá a honestidade do Lula”, disse.
Lula disse que as apurações contra a corrupção devem continuar, e políticos e empresários corruptos têm de ser presos com base em mecanismos e leis que, segundo ele, foram criadas pelo PT. E voltou a dizer que não sujaria a mão por um apartamento que ele poderia comprar, se referindo ao caso do tríplex de Guarujá (SP), que o colocou na prisão em abril do ano passado.
“Já falei que vou casar” Sobre sua situação, preso pela Lava Jato, Lula disse não se considerar “ferrado”, mas sim “acabrunhado”, porque gostaria de estar em liberdade. “Ver o meu Corinthians jogar, ver a minha família. Eu já falei pra todo mundo que, quando eu sair daqui, eu vou casar”, disse.
Disse, no entanto, estar consciente de que existem milhões de brasileiros em pior situação que a dele, que está preso. “Vi [pela televisão] pessoas invadindo caminhão de lixo para catar comida para comer. E nós tínhamos acabado com a fome”, disse.
Com informações do ‘UOL’ e ‘Folha de S.Paulo’

Publicidade: Bar, Restaurante e Pousada Sítio Paraíso da Maria Jape

29

Pacote de 3 dias, do dia 22 a 24 de junho por pessoa apenas R$120.00, com direito a Hospedagem, Licor, Amendoim e Milho.

Vagas limitadas para até 40 pessoas com animação todos os dias da banda Jane Poeta e a banda Coutt Love.

Reserve antecipado em 2x no cartão.  Fones (Whatsapp) para contato 73 99942-5780, 99915-5784 ou 99974-6660

Endereço: Rodovia Ilhéus – Itabuna, Banco da Vitória, Entrada próximo ao Comercial Belém de Frutas, Sentido Maria Jape.

Coutt Love