cartaz



Artistas baianas abraçam campanha “Aqui Tem Jogo Brahma”

kaet_brahmaQuem diz que mulher não gosta de futebol, se engana. Ligadas ao mundo do futebol, as cantoras Katê e Carla Cristina resolveram vestir a camisa do clube preferido e aderiram a campanha “Aqui tem Jogo Brahma”. A ação é uma parceria entre a cerveja Brahma e o canal Premiere Play.

Lançada na início deste mês, a campanha da Brahma oferece aos consumidores cervejeiros, apaixonados por futebol, 10 dias de acesso ao Premiere Play. A cada 3 participantes da promoção, 1 é premiado.

carla_vitria

Disputa BA x VI

Torcedora do Esporte Clube Bahia, a cantora Katê convocou a torcida. “Alô minha galera, alô minha torcida!! Não tem combinação melhor que futebol e Brahma gelada. Então se liga na promoção!”, escreveu a cantora.

Do outro lado, a cantora Carla Cristina, que é rubro-negra assumida fez questão de postar uma foto com a camisa do seu time do coração. Na legenda, Carla desafiou os torcedores do Esporte Clube Vitória. – Vai ficar de fora?

Para participar da promoção, o consumidor precisa comprar qualquer produto Brahma, cadastrar o código de barras e o lote no site www.brahma.com.br e estará automaticamente concorrendo.

O resultado sai na hora. Quem não for contemplado na primeira participação, terá a opção de concorrer outras vezes. Cada CPF só pode participar uma vez por dia. A promoção é válida até 20 de novembro de 2016.


Cosme Araújo parabeniza o amigo Isaquias Queiroz pelo sucesso nas Olimpíadas

O vereador ilheense Cosme Araújo (PDT), parabenizou nesta quinta-feira, 18 de agosto, o canoísta Isaquias Queiroz pela conquista histórica de mais uma medalha nas Olimpíadas do Rio 2016. O atleta, que já participou de duas provas na competição, faturou duas medalhas, uma de prata e outra de bronze, garantindo entrada para o grupo seleto dos 05 melhores canoístas do mundo.RTEmagicC_isaquias_queiroz_0.jpg

“É com muito orgulho que parabenizo o nosso medalhista Isaquias Queiroz, por mais uma vez subir ao pódio e representar com humildade e patriotismo o nosso pais, e, em especial, a sua cidade natal, Ubaitaba. Para atingir esse desempenho na sua modalidade, foi preciso muito esforço, incansáveis treinos, muita disciplina, demonstrando que quando se tem força de vontade de vencer é apenas uma consequência do trabalho realizado”, destaca Cosme Araújo.
Na próxima sexta-feira (19), Isaquias Queiroz, em companhia do também baiano Erlon Souza, competem na Canoa dupla 1000m masculina. A bateria acontece às 9h21, também na Lagoa Rodrigo de Freitas cosme-e-isaquias (1)

Morre lateral esquerdo do IEC Reginaldo

ItabunaEC1979Morreu na13782207_256769538041576_3796803755757377987_n noite deste sábado, o ex jogador do Itabuna Esporte Clube da década de 80, Reginaldo. Ele era lateral esquerdo, um dos melhores do futebol baiano e foi destaque no campeonato nacional, quando o Itabuna Esporte Clube participou. Reginaldo foi companheiro de Beca, Gelson Sodre, Iauka, Zé Lourinho, Sandoval e o goleiro Laércio. As causas da morte não foram informadas e o corpo está sendo velado no SAF, ao lado do Grapiúna Tenis Clube.


Ilhéus: Vereador Cosme Araújo garante que o esporte em nossa cidade também é prioridade

ImageProxy.mvcDando cumprimento a concorrida agenda nesta quarta-feira, dia 20, o vereador e pré-candidato a prefeito de Ilhéus, Cosme Araújo (PDT), participou de uma reunião, na noite de hoje, 20, na residência de Zé miudo, na Rua Nossa Senhora Aparecida, na Barreira, zona sul de Ilhéus, com os desportistas do bairro Nelson Costa e adjacências, para tratar da abertura da nova temporada do Campeonato Amador no campo da Barreira, que como organizador há mais de 35 anos, a notável lenda do esporte ilheense, Zé miúdo.   Araújo agradeceu o convite dos organizadores e destacou aos presentes que, uma das principais bandeiras em sua quarta legislatura é sem dúvida, a valorização e o fomento das políticas públicas no setor esportivo. Na oportunidade, o pedetista garantiu mais uma vez, manter o seu compromisso no sucesso da competição, como já ocorreu em edições anteriores.


Roberto José deixa a FICC

O presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Roberto José, reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (16), com todos professores das unidades das Casas das Artes e educadores sociais do Programa Vivrte, ambos geridos pela FICC, para anunciar o término de sua gestão, a frente da instituição. Roberto José está no comando da FICC desde o início da atual administração municipal, representada pela figura do prefeito Claudevane Leite. Com um trabalho que o próprio Roberto José aponta como enviesado por estudos e pesquisas científicas sérias e corroboradas por resultados austeros e de eficiência inconteste, ele passou a ser o secretário municipal mais bem avaliado da atual gestão, tendo colocado a própria FICC numa posição de grande destaque nas políticas de desenvolvimento de Itabuna e, em 2015, tendo obtido resultados expressivos e satisfatórios também na SETTRAN, quando respondeu interinamente como secretário de Transporte e Trânsito, chegando ao plano de ter sido considerado um “super-secretário” tanto pela imprensa quanto por blocos políticos outros que se sentiram desprestigiados com o acúmulo de poder a ele confiado. IMG_4913

 Os resultados apresentados por Roberto José o levaram a acreditar ainda mais no seu potencial como gestor e a buscar novos horizontes políticos, passando, então, ao plano de lançar-se como pré candidato a prefeito de Itabuna. E o fez, mesmo sabendo que, de algum modo, sua pretensão provocaria uma divisão na base do governo municipal, separando, entre as tantas forças ali presentes, comunistas e evangélicos. 

 Despedida da FICCIMG_4971

 Nesta quarta, ao anunciar a sua saída, prevista para acontecer no dia 31 de março próximo, Roberto José destacou todos os projetos mantidos pela FICC e tratou de tranquilizar, principalmente, os educadores sociais do programa Viv-à-rte e os oficineiros do projeto “Casa das Artes”, temerários que estavam de que a mudança na presidência da FICC viesse a comprometer suas situações contratuais. Roberto disse que todos os contratados têm deveres e obrigações, mas têm também direitos garantidos, e um deles é a continuidade de seus contratos, independente de quem assuma a FICC em abril.

 O presidente da FICC ouviu também alguns pronunciamentos emocionados dos seus colaboradores, como o de Dayse Santos, coordenadora do programa Viv-à-rte, que agradeceu ao presidente, em nome de todos os educadores sociais e jovens atendidos, pela atenção e o apoio dado ao programa; de Agda Marques, que falou sobre a importância do projeto “Letras Que Voam”, que incentiva a prática da leitura numa ação itinerante que visita escolas e praças de Itabuna; o de Jaqueline Paula dos Santos, coordenadora do projeto Encantarte (este, frisa-se, sem vínculo direto com a FICC), que falou sobre o tratamento sério e responsável que Roberto direcionou aos jovens da periferia; o de Gimarques Sabino, educador social,  boxeador, que relatou emocionado já ter sido estigmatizado por ser um jovem atleta de um bairro periférico e também vítima de preconceito; e o de Magno Sousa, coordenador da Casa das Artes – Unidade Centro e da Banda Municipal Falcões, que disse que Itabuna deu um salto a frente na redução da violência entre os jovens, trazendo-os para um conjunto de ações articuladas especialmente para reconstruir um novo horizonte e um novo futuro.IMG_5141

 Também emocionado, Roberto José disse que conseguiu fazer com que o poder público municipal ampliasse os investimentos na área de cultura. Segundo ele, os resultados desses investimentos estão em ações como a festa de aniversário de Itabuna, do crescimento vertiginoso dedicado à Paixão de Cristo, hoje a peça de teatro mais bem produzida da região, a realização da FELITA – Festa Literária de Itabuna, que, neste ano, entra na sua terceira edição, o PAI (Programa de Arte Itinerante), que democratiza sobremaneira o acesso aos bens culturais de Itabuna, com festas de música, apresentações de teatro e de cinema em todos os bairros da cidade e, mais recentemente, a reforma e/ou construção de parques infantis nas praças dos principais bairros de Itabuna.IMG_5181

 Governo para Todos

Ao anunciar sua saída, Roberto disse ainda que sai da FICC certo de que os resultados obtidos são bastante satisfatórios, mas, para além disso, “eles são um reflexo direto de um esforço de equipe, que direcionou um olhar especial para uma cidade que precisava ter uma gestão cultural de fato desvencilhada de rótulos: primeiro, eu preciso dizer que saio para me desincompatibilizar do cargo de presidente da FICC e para lançar o meu nome como candidato a prefeito de Itabuna; segundo, porque cresceu dentro do meu coração uma vontade muito grande de trabalhar para uma cidade que precisa de um olhar que a enxergue como um todo.  Itabuna precisa de gente que fomente políticas eficientes, que alcancem todos de um modo igualitário; e isso é possível, de forma comprovada, quando tais políticas estão apontadas para a austeridade na aplicação dos recursos e em planejamentos esboçados nas necessidades contundentes de cada bairro, cada comunidade”.  Roberto foi aplaudido de pé pelas mais de 100 pessoas que estiveram no Centro de Cultura Adonias Filho.


Rio 2016 anunciou roteiro da tocha que passará em Floresta Azul e Ibicaraí no dia 21 de maio

placas O Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 divulgou nesta quarta-feira o roteiro completo do revezamento da tocha olímpica no Brasil. A tocha olímpica será acesa no dia 21 de abril, na cidade grega de Olímpia. Segue para Laussanne, na Suíça, onde fica a sede do Comitê Olímpico Internacional, e de lá vai para o Brasil, onde chega no dia 5 de maio, em Brasília. Passará por 329 cidades em todos os estados da federação até chegar no Rio de Janeiro, quatro meses depois. Serão 20 mil quilômetros percorridos, além de 10 mil milhas aéreas, com 12 mil condutores.

Na ocasião, o Rio 2016 também divulgou a identidade de alguns dos primeiros condutores da tocha. Entre atletas em atividade e aposentados, além de outros condutores escolhidos pelos patrocinadores, estão escalados: a ex-tenista Maria Esther Bueno, a ex-ginasta Laís Souza, o ex-nadador Gustavo Borges, a judoca Érika Miranda, a velejadora Isabel Swan, o nadador Clodoaldo Silva, a jogadora de vôlei Fabiana, o arqueiro indígena Gustavo dos Santos, a ex-jogadora Adriana Behar e o ultramaratonista Weimar Pettengill.

FLORESTA AZUL

Está previsto para o final da manhã e o início da tarde do dia 21 de maio a passagem do revezamento da tocha olímpica por Floresta Azul. A tocha percorrerá pouco mais de 1 quilômetro pela Avenida Raimundo Silva Cardoso.  O Comitê Organizador se responsabilizou pela escolha dos condutores da tocha olímpica. Em seguida a tocha passará por Ibicaraí, Itabuna e fechará o dia em Ilhéus.


Vereador prestigia lançamento do Colo-Colo para Baianão 2016

O presidente Raimundo Borges ao lado do vice-presidente Marcio do IBGE, do Colo-Colo Futebol e Regatas, apresentaram na tarde desta Quarta-feira (06) no Ginásio de Esportes Herval Soledade, os jogadores contratados e a comissão técnica para o Campeonato Baiano de 2016.   20160106_191406 A apresentação em alto estilo contou com a presença da torcida organizada Mancha Azul, imprensa, torcedores, lideres eclesiásticos, além de autoridades municipais, como o vereador e advogado, Cosme Araújo, representando o poder legislativo ilheense, que na ocasião desejou votos de sucesso a nova gestão do clube, manifestando mais uma vez, total apoio ao tigre em mais uma competição. Na mesma oportunidade, o parlamentar demonstrou ser pé quente, ao afirmar que o Colo-Colo irá reeditar o mesmo feito de 2006, quando será campeão em 2016 e, consequentemente, erguendo a taça de bicampeão em 2016, e que envidará esforços para que em 2017, o time volte a ser campeão, acrescentando que pode ser difícil, mas, não impossível, tudo isto  para alegria dos torcedores apaixonados pelo único representante do sul e extremo sul da Bahia na competição.20160106_190617


Vice Presidente da CBF Denuncia Marmelada para o Vasco não Cair

Em entrevista ao Bate-Bola Bom Dia desta sexta-feira, o presidente da federação catarinense (FCF) e vice da CBF, Delfim Peixoto, afirmou que há algo “meio forçado” no Campeonato Brasileiro para que o Vasco não caia para a segunda divisão.
AAfJ7FT

Atualmente, o time cruzmaltino está na 18ª colocação com 37 pontos, três atrás do Figueirense, primeiro clube fora da zona de rebaixamento, restando só duas rodadas para o fim do Brasileirão. Delfim reclamou também da falta de preocupação com as equipes catarinenses (Joinville já caiu e Avaí está na zona de rebaixamento; a Chapecoense está livre da degola).

Delfim Peixoto foi reticente quando perguntado sobre a lisura dos campeonatos da CBF (o dirigente de SC é crítico ao presidente Marco Polo del Nero).

“Não sou eu quem vai dizer que os campeonatos da CBF não têm lisura. No meu estado, pelo menos, há lisura. Pode estar acontecendo umas coisas meio diferentes no atual campeonato… Está um negócio meio forçado para que tal clube não caia. Mais até na parte de baixo do que em cima”, afirmou. Questionado se o clube em questão seria o Vasco, ele confirmou: “Estou falando do Vasco”.

“O Criciúma, grande clube catarinense, caiu no ano passado, estava caindo aos poucos, e ninguém ficou preocupado. ‘Ah, ele não pode cair’. Caiu normalmente, é uma cultura que nós temos. Esse ano o Joinville caiu, inclusive jogando contra o Vasco… A marmelada que o senhor lá do Vasco disse, que havia marmelada dos catarinenses para tirar o Vasco. Não sei por que, qual o interesse de Santa Catarina de tirar o Vasco? Tem que cair aquele que merece cair”, declarou.

O “senhor” é Eurico Miranda, assegurou pouco depois Delfim Peixoto.

A briga entre os dois dirigentes ficou escancarada no mês passado, quando o presidente do Vasco acusou o catarinense de pressionar a arbitragem no vestiário dos jogos no estado. O mandatário do futebol de SC desde 1985 prometeu processar Eurico e disparou: “Ele sempre foi assim, é mentiroso”.


Bahia vence o Oeste entra no G4 e seca o Paysandu


bahiaSem a presença do atraso que atende também pelo nome de Sérgio Soares, o Esporte Clube Bahia melhorou. Se não tivemos avanços substanciais na qualidade do futebol e em si, tivemos sem dúvida, ganhos importantes em disposição, comprometimento e, sobretudo de coragem, notadamente no primeiro tempo e assim, o Bahia foi para cima do Oeste hoje à tarde em Osasco e venceu pelo placar de 1 x 0 em partida onde se faltou a inspiração como antes, sobrou transpiração para vencer a partida e era tudo que precisava neste momento. No segundo tempo, o time pareceu ressuscitar o estilo Sérgio Soares e o Oeste cresceu na partida, no entanto, foram breves espirros que não se transformaram em gripe. Com o resultado o Bahia atingiu a marca dos 51 pontos e quando somado com a derrota do Santa Cruz para o Náutico por 3 x 1, proporcionou que o tricolor baiano voltasse ao G4, no entanto, ainda precisará torcer contra o Paysandu que às 21h no Estádio Olímpico do Pará encara o Macaé. O triunfo paraense remove o tricolor do G4. Empate o Bahia permanece. Agora é pegar o embalo, arrumar as malas e rumar pra casa. Se preparar já que na terça-feira o tricolor tem outro compromisso com seu torcedor, agora enfrenta o Criciúma.