Canoagem de Itacaré conquista título por equipe no torneio em Ubaitaba

A equipe da Associação de Canoagem de Itacaré (ACI) foi a campeão por equipes do Torneio de Inauguração do Centro de Canoagem de Ubaitaba, realizado neste domingo. A delegação de Itacaré conquistou 30 medalhas, sendo cinco de prata, cinco de bronze e 20 medalhas de ouro, totalizando 391 pontos. A equipe foi formada por uma delegação de 39 atletas, cinco dirigentes e ainda o secretário de Esportes, Mulher e Juventude, Marcelo Barros e o assessor de Esporte Amador, Jorge Muller, representando o prefeito Antônio de Anízio.

Em primeiro lugar, por equipe, ficou a Associação de Canoagem de Itacaré, seguido pela Associação Cacaueira de Canoagem, de Ubaitaba, e em terceiro a Associação Ubatense Evangélica de Canoagem, de Ubatã. O evento contou ainda com a presença do diretor geral da SUDESB, Vicente Neto, representando o governador Rui Costa, que confirmou a sua participação no Encontro Desportivo dos Municípios do Litoral do Baixo Sul, que acontecerá em Itacaré no dia 12 de fevereiro.

O prefeito Antônio de Anízio parabenizou a equipe itacareense e reafirmou o compromisso em apoiar os esportes coletivos, a exemplo da canoagem, que se tornou uma referência no Brasil. O objetivo, segundo o prefeito, é continuar valorizando os desportistas locais, das mais diversas modalidades, incentivando as crianças e jovens, despertando cada vez mais novos talentos no esporte.


Vitória é goleado pelo América-MG e segue atormentado pelo fantasma do rebaixamento

Rodolfo comemora gol marcado pelo América-MG contra o Vitória

O Vitória foi goleado pelo líder América-MG na noite deste sábado (9), por 4 a 0, na Arena Independência, em Belo Horizonte, pelo complemento da 33ª rodada da Série B. Os gols do Coelho foram marcados por Rodolfo, de cabeça, e Messias, cobrando pênalti cometido pelo volante Guilherme Rend, ambos no primeiro tempo, e Neto Berola (duas vezes) na etapa final.

.

Com o novo revés, o Leão completa quatro jogos sem vencer e permanece na 16ª colocação, com 37 pontos, um ponto de distância para o Figueirense, que abre a zona de rebaixamento. Já o América-MG chegou aos 66, manteve a liderança e encaminhou o acesso para Série A. O próximo compromisso do Rubro-Negro é na quarta-feira, às 19h, contra o Avaí, no Estádio da Ressacada, em Santa Catarina.


Em duelo de viradas, expulsões e acusação de racismo, Flamengo supera o Bahia

Bruno Henrique celebra gol do Flamengo com companheirosUm duelo eletrizante, com viradas, expulsões, variantes táticas interessantes e até caso de polícia. Flamengo e Bahia protagonizaram um jogaço no Maracanã na noite deste domingo, pela 26ª rodada do Brasileirão. O 4 a 3 com gol de Vitinho já aos 45 minutos do segundo tempo foi construído após grande atuação de Bruno Henrique, cartão vermelho para Gabigol, Gilberto novamente como carrasco pelo Tricolor baiano e Pedro decisivo com apenas 20 minutos em campo. Fora do futebol, um episódio lamentável: Gérson acusou o colombiano Ramírez de racismo com a frase “cala a boca, negro”.

Gerson discute com Mano Menezes em Flamengo x Bahia

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 48 pontos e pulou para segunda colocação na competição. De quebra, segue dependendo apenas de si para buscar o título. A equipe de Rogério Ceni tem um jogo a menos que o São Paulo, líder com 53, e um confronto direto pela última rodada, no Morumbi. O último compromisso de 2020 está marcado para sábado, às 19h (de Brasília), no Castelão, contra o Fortaleza.

Já o Bahia segue em crise. Agora, são cinco derrotas consecutivas para o time de Mano Menezes, que está em 16º com 28 pontos. Os baianos estão fora da zona de rebaixamento por levarem vantagem sobre o Vasco no número de vitórias: 8 a 7. Domingo, a equipe recebe o Inter, às 16h, na Fonte Nova, pela 27ª rodada.

Vídeo:


Vitória é denunciado por homofobia contra torcedores do Bahia; caso está no TJDF-BA

Vitória é denunciado por homofobia contra torcedores do Bahia; caso está no TJDF-BAO Vitória será julgado nesta quinta-feira (17) pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TDJF) por homofobia contra torcedores do Bahia. O caso ocorreu no dia 1º de março, durante o clássico Ba-Vi, no Barradão, pelo Campeonato Baiano. Na ocasião, torcedores penduraram no alambrado uma camisa da torcida LGBTricolor de cabeça para baixo.

A denúncia foi feita pela torcida LGBTricolor e acatada pela procuradoria do TJDF-BA. O Vitória está enquadrado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que diz: “Praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”. O clube pode ser punido com suspensão, multa ou perda de pontos, que só vale para a competições realizadas pela Federação Bahiana de Futebol (FBF).

Quem também será julgado é o árbitro Bruno Pereira Vasconcelos. O motivo é por ele não ter registrado o ocorrido na súmula do jogo.

Vale lembrar que durante a Copa América no Brasil em junho do ano passado, a Conmebol multou a CBF por gritos homofóbicos por parte da torcida brasileira no jogo entre Brasil e Bolívia, na abertura da competição. Quando o goleiro boliviano Carlos Lampe cobrava o tiro de meta, gritos de “bicha” vindos das arquibancadas, ecoaram na praça esportiva.


Morre o ex-atacante italiano Paolo Rossi, algoz do Brasil na Copa de 82

Paolo Rossi na Copa do Mundo de 1982 — Foto: Getty ImagesEternamente associado à história da seleção brasileira por ter feito os três gols que eliminaram o Brasil da Copa de 82, o ex-atacante italiano Paolo Rossi morreu nesta quarta-feira, aos 64 anos, segundo informa a imprensa italiana. Ainda não há informações sobre as circunstâncias da morte.

A notícia da morte do Bambino D’Oro foi divulgada inicialmente pela emissora de TV RAI, e posteriormente no site do jornal “Gazetta dello Sport”.

O ex-jogador da Juventus foi campeão e artilheiro do Mundial da Espanha-1982, com seis gols. Até a segunda fase, ainda não tinha marcado nenhum, mas desencantou na vitória da Itália por 3 a 2 sobre a seleção dirigida por Telê Santana, que marcou época com craques como Zico, Falcão, Júnior e Sócrates.

Depois, Rossi marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre a Polônia, na semifinal, e fez o primeiro da Itália no 3 a 1 sobre a Alemanha na decisão.

Paolo Rossi nasceu na cidade de Prato, em Florença. Começouo a jogar na Juventus, clube onde viveu os melhores momentos da carreira. Pelo clube de Turim, conquistu duas vezes o Campeonato Italiano (1981/82 e 1983/84), a Copa Europeia (atual Liga dos Campeões da Uefa), em 1984/85, a Supercopa da Uefa em 1984, a extinta Recopa Europeia, em 1983/84, e a Copa da Itália, em 1982/83. Também foi campeão da Série B italiana em 1976/77 pelo Vicenza.

Já um promissor artilheiro da seleção italiana e um dos principais jogadores do país, Paolo Rossi foi suspenso por três anos em 1980, quando atuava pelo Perugia, acusado de envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados conhecido como Totonero. Posteriormente, sua pena foi reduzida a dois anos, o que permitiu sua convocação para a Copa da Espanha.


Bahia perde para o Defensa y Justicia por 3 a 2 na Fonte Nova

O Bahia perdeu por 3 a 2 para o Defensa y Justicia, na noite desta quarta-feira (9), na Arena Fonte Nova. A partida de ida das quartas de final da Sul-Americana contou com gols do atacante Braian Romero (2), do volante Enzo Fernández, ambos do time argentino, e dos tricolores Gilberto e Matheus.

O time de Mano Menezes começou perdendo, mas conseguiu diminuir a diferença no final do confronto. O jogo de volta será na próxima quarta-feira (16), às 19h15, no Estádio Norberto “Tito” Tomaghello, na Argentina.

O Bahia precisa vencer por pelo menos 2 a 0; se marcar quatro gols fora, o triunfo por um gol garante vaga nas semi. Em caso de 3 a 2 para o time baiano, decisão nos pênaltis.


Confira quem é o Defensa y Justicia, próximo adversário do Bahia na Sul-Americana

Confira quem é o Defensa y Justicia, próximo adversário do Bahia na Sul-AmericanaApós passar pelo Vasco com uma vitória por 1 a 0, em pleno São Januário, na noite desta quinta-feira (3), o Defensa y Justicia será o adversário do Bahia nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Será o segundo adversário argentino do Tricolor nesta edição do torneio continental. O time baiano eliminou o Unión Santa Fé na última terça (1°).

 

O Defensa y Justicia entrou na Sul-Americana após terminar a fase de grupos da Libertadores na terceira posição do Grupo G com seis pontos, um a menos do que o segundo colocado Delfín, do Equador, enquanto o Santos ficou com a liderança ao somar 16. O time argentino perdeu os dois jogos diante da equipe paulista, ambos com o placar de 2 a 1. O primeiro desafio no torneio continental foi contra o paraguaio Sportivo Luqueño, pela segunda fase. E assim como no confronto contra o Vasco, a classificação foi apertada, com 3 a 2 no placar agregado, sendo 2 a 1 fora de casa no jogo de ida. Jogando em casa na volta, os argentinos carimbaram a vaga ao empatar em 1 a 1, com gol marcado aos 37 minutos do segundo tempo.

 

O técnico do Defensa y Justicia é o ex-jogador Hernán Crespo, que foi um atacante com bom faro de gol que fez sucesso com o River Plate e Parma, além de passar por Lazio, Inter de Milão e Chelsea, e disputou as Copas de 1998, 2002 e 2006 com a Argentina. Coincidência ou não, a principal arma da equipe argentina é o ataque formado por Braian Romero, artilheiro do time e com passagem pelo Athletico-PR, Francisco Pizzini e Ciro Rius. Por outro lado, o ponto fraco é a defesa, entre compromissos pelos dois torneios continentais e o campeonato nacional sofreu 27 gols em 22 jogos neste ano. Desde a volta do futebol em meio a pandemia do coronavírus, foram 13 partidas, sendo quatro vitórias, cinco derrotas e quatro empates. O triunfo sobre o Vasco quebrou um jejum de sete compromissos. Na Copa da Liga Profissional, que tapa o buraco do Campeonato Argentino, o Defensa y Justicia é o último colocado do Grupo 2 com apenas dois pontos em cinco jogos. Outros destaques do elenco são o goleiro Ezequiel Unsaín e os meias Nelson Acevedo, Raul Loaiza e Washington Camacho. O time base é formado por: Unsaín; Adonis Frías, Juan Gabriel Rodríguez e David Martínez; Marcelo Benítez e Nelson Acevedo (Loaiza); Ciro Rius e Eugenio Isnaldo; Washington Camacho; Gabriel Hachen e Braian Romero.

Foto: Divulgação / Defensa y Justicia

 

Clube da cidade de Florencio Varela, localizada numa zona muito humilde na província de Buenos Aires, o Defensa y Justicia precisou de 24 anos para passar por todas as divisões do futebol argentino até chegar à elite em 2014. Em 2017, o time eliminou o São Paulo na primeira fase da Sul-Americana daquele ano. A equipe manda seus jogos no Estádio Norberto “Tito” Tomaghello, que tem capacidade para 20 mil torcedores.

 

A Conmebol ainda vai definir as datas do confronto das oitavas de final entre Bahia e Defensa y Justicia. No entanto, já se sabe que o primeiro jogo será em Salvador e a decisão da vaga acontecerá na Argentina.


Flamengo vence recurso na Justiça e reduz pensão às famílias de vítimas do incêndio no CT

Flamengo vence recurso na Justiça e reduz pensão às famílias de vítimas do incêndio no CT

A 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acatou parcialmente o recurso do Flamengo pela redução do valor da pensão às famílias das vítimas do incêndio no CT Ninho do Urubu, ocorrido em 2019. A informação foi divulgada pelo site “Esporte News Mundo”. A decisão foi tomada em sessão realizada nesta quarta-feira (2). Por dois votos a um, ao invés de R$ 10 mil, o clube carioca agora vai pagar cinco salários mínimos, o equivalente a R$ 5.225, apenas para aquelas que não fizeram acordo. O Ministério Público e a Defensoria do Estado do Rio de Janeiro vão recorrer da decisão.

 

“O atleta que perdeu o pênalti ontem do Flamengo, que fez o Flamengo ser eliminado da Libertadores, ganha R$ 600 mil de salário. Todo o elenco somado ganha R$ 25 milhões de salário. E aqui estamos falando de uma pensão de R$ 10 mil para cada um. São famílias carentes. A sociedade aguarda por isso”, protestou Patricia Cardoso, coordenadora da Defensoria Pública, contra a decisão.

O valor original da pensão havia sido definido em decisão da 1ª Vara Cível no final do ano passado e foi destinado aos parentes que não haviam chegado a um acordo com o Rubro-Negro. Os votos favoráveis ao recurso do Fla na sessão desta quarta foram dos desembargadores Agostinho Teixeira de Almeida Filho e Fernando Fernandy Fernandes, enquanto a desembargadora Sirley Abreu Biondi se posicionou contra a redução.

Após a decisão, o Flamengo divulgou nota afirmando que o MP não pode representar os pais. O clube ainda se comprometeu a seguir prestando ajuda às famílias.

“O Clube de Regatas do Flamengo esclarece que a questão judicial hoje julgada pela 13ª Câmara Civil reconheceu que o Ministério Público não pode representar individualmente as famílias das vítimas do incêndio no Centro de Treinamento George Helal, já que os pais são maiores, capazes e representados por seus advogados. Assim, não pode o MP postular judicialmente em seus lugares. O que ocorreu, portanto, foi uma questão processual que apontou a ilegitimidade do MP para agir individualmente em prol de terceiros. Não obstante, o Flamengo informa que não deixará de prestar assistência material mensalmente às famílias e que está aberto a fazer acordo, como já fez com seis famílias e meia, ou seja, com a maioria dos responsáveis dos garotos que, infelizmente, faleceram no CT”, diz o comunicado na íntegra.

Em fevereiro de 2019, um incêndio destruiu o alojamento das divisões de base do Flamengo e matou 10 jovens jogadores.


Colo-Colo é punido pelo TJD-BA com perda mando de campo, mas pena não vale para final

Colo-Colo é punido pelo TJD-BA com perda mando de campo, mas pena não vale para finalO Colo-Colo foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA) com a perda do mando de campo de dois jogos e mais uma multa no valor de R$ 1 mil. O Tigrão terá que jogar num estádio localizado a 100km de distância de Ilhéus. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (24). Porém, a punição não valerá para o jogo de ida da final da Série B do Baiano contra o Unirb, marcado para o próximo domingo (29), às 15h10, no Mário Pessoa.

O Tigrão foi à julgamento na última segunda-feira (23) denunciado pelos incidentes após a partida contra próprio Unirb, disputada no dia 1º de novembro, pela segunda rodada da primeira fase da competição estadual, também no Mário Pessoa. O duelo terminou com a vitória dos visitantes por 1 a 0. Porém, na súmula, o árbitro Moises Ferreira Simão, relatou que 20 minutos após o apito final, integrantes da torcida organizada Mancha Azul, do clube de Ilhéus, invadiram o estádio pelo portão de saída de veículos e agrediram alguns jogadores e integrantes da comissão técnica da equipe de Alagoinhas no campo e no vestiário. A confusão só terminou com a intervenção da Polícia Militar.

O Colo-Colo terá 10 dias, após o recebimento da notificação da decisão do TJD-BA, para cumprir as penas. Com isso, as punições serão executadas na próxima temporada de 2021.

Colo-Colo e Unirb vão decidir o título da Série B do Baiano e a única vaga de acesso à elite do futebol baiano.


COLO-COLO VENCE PORTELA E SOMA 7 PONTOS JUNTO COM O VICE LIDER

Nesta quarta -feira (18), o Colo-Colo venceu o Portela de Teixeira de Freitas, pela quarta rodada do Campeonato Baiano da Série B, jogando fora de casa.

O Tigrão de Ilhéus, em busca da vitória, abriu o segundo tempo com um gol do atacante Pedro Augusto. Logo em seguida, Carlos Eduardo abriu a vantagem para o Colo-Colo fazendo 2×0.  Pedro Augusto voltou a marcar fazendo seu segundo gol no jogo, que teve placar final Portela 0x3 Colo-Colo.

Com esse resultado, o Tigrão divide a vice-liderança liderança do campeonato com 7 pontos, com o Jequié. O Colo-Colo entra em campo novamente no domingo (22), no Estádio Mário Pessoa, contra o Barcelona de Ilhéus.


Machucado, Neymar é cortado da Seleção Brasileira

[Machucado, Neymar é cortado da Seleção Brasileira]Em nota oficial, a Confederação Brasileira de Futebol confirmou na noite desta quinta-feira (12), que o atacante Neymar Jr. está desconvocado da Seleção Brasileira para os compromissos da equipe nacional na Data FIFA de novembro. Após quatro dias de tratamentos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), o departamento médico constatou que não haveria tempo hábil para recuperação do jogador antes da partida contra o Uruguai, na terça-feira (17), válida pela quarta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

No dia seis de novembro, o jogador se apresentou à Seleção Brasileira ainda em fase de tratamento de uma lesão no músculo adutor da perna esquerda sofrida em jogo do PSG pela Liga dos Campeões da Europa. O médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar já havia confirmado que o atleta não estaria à disposição para o jogo desta sexta-feira (13) contra a Venezuela, no Morumbi. Só que havia a expectativa de que ele evoluísse a tempo de enfrentar o Uruguai, o que não se confirmou.

“O jogador se apresentou na segunda-feira e, desde então, foi submetido a um trabalho intensivo de fisioterapia. Ele apresentou boa evolução, mas não suficiente para que estivesse disponível para o jogo contra o Uruguai. Hoje, ao chegarmos em São Paulo, nós já tínhamos um exame programado de ultrassonografia para acompanharmos a resposta da sua cicatrização”, explicou o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar.

A Seleção Brasileira entra em campo nesta sexta-feira (13) para enfrentar a Venezuela, às 21h30, no Estádio do Morumbi. Quatro dias depois, em Montevidéu, o Brasil faz sua última partida do ano contra o Uruguai, no Estádio Centenário, às 20 horas (Brasília). As duas partidas são válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.


Anderson Silva luta bem, mas não consegue resistir a Uriah Hall e é nocauteado no seu adeus ao UFC

Anderson Silva busca o ataque contra Uriah Hall — Foto: Getty ImagesSonhos nunca morrem e lendas são para sempre. A máxima da imortalidade, que premia os que buscam o impossível, tem em Anderson Silva um dos seus maiores exemplos. Humano fora dos ringues, com defeitos e contradições, sobre-humano dentro dele. Ninguém aliou genialidade e talento dentro de um cage como o menino paulista criado em Curitiba pelos tios e que era fã do Homem-Aranha e sonhava ser policial. Nenhum outro também colecionou tantos momentos icônicos, apresentações geniais ou nocautes memoráveis. O lutador que fez os torcedores vibrarem em suas apresentações como se estivessem assistindo a jogos do Brasil em Copa do Mundo, e que transformou e consolidou o MMA como uma verdadeira paixão no país, reescrevendo a história do esporte, colocou, neste sábado, em Las Vegas, um ponto final no último capítulo da sua carreira no UFC. Aos 45 anos de idade, Anderson não teve a despedida que sonhava ou merecia. Sem a presença do público que o idolatrava, e tendo diante de si o jamaicano Uriah Hall, nove anos novo, o Spider foi superado no quarto round, sofrendo o nocaute técnico a 1m24s de luta.

Anderson Silva se emociona, sozinho no octógono, após a sua última luta no UFC — Foto: Getty Images

No primeiro evento na história do UFC realizado na noite do Halloween, o Dia das Bruxas nos EUA, e com uma atmosfera completamente diferente das outras lutas de Anderson Silva – nas quais o público gerava uma energia única desde a caminhada do Spider rumo ao octógono até o anúncio do vencedor – a atmosfera era completamente diferente. Neste sábado, o cenário era um UFC Apex vazio. Entrando ao som da sua tradicional “Ain’t no Sunshine”, do rapper DMX, Anderson Silva aparentava tranquilidade.

Anderson Silva recebe o golpe que decretou seu nocaute diante de Uriah Hall em Las Vegas — Foto: Getty Images

– Foram tantas emoções que não sei descrever. Após a luta ele me disse para prestar atenção à minha mente, e vou levar isso para sempre. Ele é o meu herói, e mesmo eu tendo vencido a luta, ele é o verdadeiro campeão. Para mim, essa foi a luta de cinturão da minha carreira – disse Hall após a luta.

Durante alguns minutos, Anderson Silva ficou sozinho no centro do octógono, se despedindo do local em que encantou e conquistou o mundo. Logo depois, ele falou como se sentia.

– Uma luta é uma luta. As chances de vencer sempre são 50%. Estou aproveitando o momento, mas hoje foi o último dia, e fiquei feliz em dar o meu melhor show para a minha família e os meus fãs. Não sei se essa foi a minha última luta. Quero ir para casa e conversar com a minha família e meu time. É difícil dizer que essa é a minha última luta. Isso aqui é o meu ar, e eu faço isso a vida toda. Vamos ver. Tenho grandes lembranças de cada adversário que eu enfrentei no UFC – disse o Spider após a luta.


UFC: baiano Carlos Boi enfrentará Yorgan Castro em outubro

UFC: baiano Carlos Boi enfrentará Yorgan Castro em outubroIntegrante dos pesos-pesados do UFC, o lutador baiano Carlos Boi, de 25 anos, irá entrar novamente no octógono no dia 3 outubro para enfrentar o cabo-verdiano Yorgan Castro. O local ainda não foi definido pela entidade.

Essa será a segunda luta de Carlos Boi no UFC. Ele estreou na organização no dia 18 de julho e acabou derrotado pelo moldavo Sergey Spivak.

Natural de Feira de Santana, Carlos Boi foi contratado pelo UFC em 2017. Porém, ele ficou dois anos suspenso após testar positivo em um exame antidoping.


Fla-Flu no SBT bate Globo e supera audiência do JN após cinco anos

[Fla-Flu no SBT bate Globo e supera audiência do JN após cinco anos ]Atransmissão exclusiva do Fla-Flu com a final do Campeonato Carioca no SBT na noite desta quarta-feira (15), rendeu resultados satisfatórios para a emissora. A partida registrou bons índices de audiência em São Paulo e, principalmente, no Rio de Janeiro. Na capital fluminense, o grupo de Silvio Santos chegou a vencer a Globo por vários momentos e em cima daquele que é o grande produto do canal, o “Jornal Nacional” (JN).

De acordo com o UOL Esportes, o SBT superou a Globo por volta das 21h15, no início do primeiro tempo com Fla-Flu, registrando 27 pontos no Ibope do Rio de Janeiro. A concorrente, com o JN, marcava 25 pontos. Foi a primeira vez que a Globo foi derrotada na faixa de horário desde 2015, quando era superada em algumas ocasiões pela novela “Os Dez Mandamentos”, da Record. Na média total da partida, das 20h40 às 22h58, o SBT fechou com 26 pontos contra os mesmos 26 da Globo, atingindo picos de 34 pontos no RJ.

Ainda de acordo com os dados prévios do Ibope, a partida narrada por Téo José e comentara por Carlos Alberto e Athirson fechou no primeiro tempo com 25 pontos de média e picos de 29 no Rio de Janeiro. A liderança sobre a Globo foi mantida ao longo do primeiro tempo, com o fim do JN e o início da exibição da novela “Fina Estampa”.

A Record, que exibiu as novelas “Apocalipse” e “Jesus” ficou com 6 pontos. Em São Paulo, como já era esperado, o resultado foi menor. O SBT ficou com 11,5 pontos de média com picos de 14 das 20h40 às 22h58. A Globo foi líder no horário com 32 pontos e a Record ficou em terceiro lugar com 5 pontos. Mesmo mais abaixo, foi o melhor resultado do SBT desde 24 de janeiro deste ano no horário.

Para o jogo em si, o SBT também se deu bem em outros estados. A emissora de Silvio Santos liderou a audiência em pelo menos outras duas capitais: Brasília e Manaus, chegando a picos de 22 e 25 pontos, respectivamente. Em Porto Alegre e Recife, os números foram bons e acima do que o horário marca normalmente com as novelas infantis da emissora, chegando a 12 pontos.

A transmissão do jogo foi acertada na última sexta (10), de última hora. A emissora de Silvio Santos fechou acordo dividindo lucros de publicidade.
Por causa disso, correu para fechar cotas de publicidade. Ao todo, acertou patrocínio com seis marcas, uma a mais além do que colocou na praça inicialmente. Mesmo cobrando um alto valor pelo preço de tabela, o UOL Esporte apurou que as marcas pagaram entre R$ 600 mil e R$ 800 mil.


Justiça veta liminar da Globo, e Fla vê caminho livre para FlaTV

Jornalista lista motivos para comprovar que Flamengo está ...A Justiça do Rio de Janeiro indeferiu pedido de liminar da TV Globo, que pretendia barrar a transmissão da partida entre o Flamengo e o Boavista. O plano do clube é exibir o conteúdo na Fla TV. Na semana passada, Ricardo Cyfer, juiz titular da 10ª Vara Cível, determinou que o Flamengo se manifeste em 24 horas em relação à ação movida pela Rede Globo.

A intenção inicial da empresa era de que a concessão da tutela requerida fosse imediata, sem nem sequer ouvir o clube da Gávea. Porém, esse pedido não foi aceito. “Não se prescinde, na hipótese vertente, da oitiva da parte adversa, a fim de que, ponderadas as razões da conduta do réu, se possa mais acuradamente se decidir sobre a medida pleiteada, esta que tem repercussão econômica considerável na esfera privada das partes, mas também consequências de ordem social, sobretudo em se considerando o presente momento que atravessamos, com o impacto da pandemia da covid-19”, diz trecho.

O embate entre as partes tem como pano de fundo a Medida Provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, na qual há uma alteração na configuração dos direitos de transmissão do esporte. O documento afirma que a exibição da partida passa a ser de responsabilidade do mandante do evento, e não mais das duas entidades envolvidas.

Desta forma, o Flamengo entende que pode transmitir os jogos do Estadual, uma vez que não tem contrato vigente com a Globo para a competição. A emissora, porém, tem um outro entendimento e, desta forma, entrou com um pedido de liminar na Justiça para impedir que o clube passasse os duelos.