Pfizer e BioNTech apresentam hoje ao FDA pedido de autorização emergencial para uso de usa vacina

A Pfizer fará, nesta sexta-feira (20), o pedido de aprovação de emergência da vacina para Covid-19, imunizante desenvolvido em parceria com o laboratório BioNTech. O anúncio foi feito pelo governo norte-americano, a quem é direcionado o pedido de autorização por meio da agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês).

A notícia deve refletir positivamente no mercado de investimentos. Desde o início de novembro, o aumento de casos da doença pandêmica na Europa e nos Estados Unidos tem sido visto com cautela pelos investidores, que temem a necessidade de aplicação de medidas drásticas, o que poderia interferir na retomada do ritmo de crescimento do ambiente financeiro.

A vacina da Pfizer/BioNTech foi a primeira a ter os resultados preliminares da fase 3 de testes anunciados. As empresas disseram, em 9 de novembro, que o imunizante apresentou 90% de eficácia contra a covid-19.

No último dia 18, o resultado do estudo final dos dados da fase 3 concluiu a segurança do imunizante e a eficácia de 95%.

O FDA não informou quanto tempo levaria para revisar os dados de eficácia e segurança da vacina, os dois principais critérios.