Irã emite mandado de prisão para Donald Trump e pede ajuda à Interpol

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fala em comício de campanha em Tulsa, Oklahoma - Leah Millis/ReutersA Justiça do Irã emitiu mandado de prisão para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e mais 36 estrangeiros em referência ao ataque que matou o general Soleimani e outras pessoas em janeiro. De acordo com a TV Al Jazeera e a agência iraniana Fars, o governo iraniano está acionando a Interpol para ajudar a cumprir a ordem judicial.

O ataque feito com drones pelo governo Trump em 3 de janeiro, próximo ao aeroporto internacional de Bagdá, no Iraque, matou Qassem Soleimani, uma das principais personalidades militares do Irã.

O promotor iraniano Ali Alqasimehr afirmou hoje que Trump e mais 30 pessoas de seu governo estão sob acusação de “assassinato e terrorismo”. “36 indivíduos envolvidos ou que ordenaram o assassinato de Qassem, incluindo políticos e militares dos EUA e de outros governos, foram identificados, e oficiais judiciários emitiram mandados de prisão contra eles”, disse Alqasimehr à agência iraniana Fars.

O general de brigada Esmail Ghaani, apontado como o sucessor do iraniano Qassim Suleimani, general comandante das forças Quds, assassinado pelos EUA no começo de janeiro de 2020, com um ataque por drones no Iraque.general - Tasnim/Reuters - Tasnim/Reuters



Deixar um comentário