Falta de Coveiro revolta população de Uruçuca que faz sepultamento por conta própria

Familiares de uma criança fizeram por conta própria o seu sepultamento porque não tinha coveiro na manhã de sábado, no cemitério municipal da cidade. Segundo informações de populares, por falta de salários, o coveiro se recusou a abrir a cova e enterrar a  pequena Natasha Santos Carvalho.  Parentes e amigos foram ao cemitério, munidos de pás e enxadas, para ajudar a abrir a cova para o enterro. Eles mesmos tiveram que fazer o sepultamento da criança,sem apoio  da  administração municipal.A situação revoltou os moradores que não pouparam críticas ao governo municipal, “que se elegeu pregando moralidade e hoje é um governo imoral e sem nenhuma sensibilidade”, disse um morador.