Goleiro Bruno é condenado por falta grave e só deve ter direito a progressão de pena em 2023, diz defesa

O goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza foi condenado por uma falta grave e só deve obter o direito à progressão de pena para o semiaberto em 2023, diz a defesa do jogador. A decisão foi publicada nesta segunda-feira segundo o advogado Fábio Gama, que afirmou ainda que vai recorrer. Bruno se apresenta à polícia no Sul de Minas, mas é liberado por falta de mandado — Foto: Reprodução/TV Globo



One Response to “Goleiro Bruno é condenado por falta grave e só deve ter direito a progressão de pena em 2023, diz defesa”

  1. adsonbonfim santos nunes

    bom dia!
    E triste em saber que um elemento desta natureza venha a ter direito a progressão de condenação que lhe foi dado com base em depoimentos e provas , e triste saber desta noticia .

Comentários fechados.