Vítima de chacina é enterrada no dia marcado para dar a luz, pais, irmão e marido também são sepultados

Família teve carro atingido por tiros em trecho do município de Mucuri, no extremo sul da Bahia. Enterros ocorreram em Alcobaça. 

Grávida de nove meses, uma das vítimas da chacina que deixou cinco mortos no município de Mucuri, no extremo sul da Bahia, estava com parto marcado para ocorrer nesta quinta-feira (18). A informação foi divulgada ao G1 por uma parente da vítima, que preferiu não ter o nome divulgado. Relembre o caso clicando.

A vítima é Gabriela Oliveira Rocha, que tinha 22 anos e estava dentro do carro que foi atingido por diversos disparos. Além dela, morreram no atentado os pais, irmão e marido. Todas as vítimas da chacina foram sepultadas na manhã desta quinta-feira, no município de Alcobaça, também no extremo sul da Bahia. Jalperaz do Espírito Santo Rocha, que seria o alvo dos criminosos, e era pai de Gabriela Rocha, era natural da cidade.

O bebê, que estava prestes a nascer, também não resistiu. O parto seria realizado no estado do Espírito Santo, para onde as vítimas seguiam no momento do crime. Gabriela ficaria na casa de um familiar capixaba.

Os corpos foram velados na quadra de esportes do município e enterrados no cemitério local entre 8h e 9h. Segundo a parente das vítimas, que foi ouvida pelo G1, o corpo do bebê foi enterrado no mesmo caixão da mãe.