Deputado diz em nota que ‘nunca constará em delação’

Em meio ao caos político e midiático, efeito das delações e escutas, a noticia de que alguém tenha sido citado ou recebido dinheiro de empresas, já nem causa surpresa. É comum a associação de qualquer político ao escândalo, já que a imprensa traz a cada segundo uma nova sequencia da odisseia que o país vive.
Em razão disso, o deputado federal Davidson Magalhães, PCdoB, emitiu nota esclarecendo notícias sobre as doações da JBS S/A para campanhas eleitorais. “Como qualquer doação para campanha, não há exigência de contrapartida, nem de troca de favores. Chamar de “propina”, portanto, é incorreto. Algumas das notícias veiculadas tentam dizer que doações legais, propinas e caixa 2 são a mesma coisa, confundindo a opinião pública e desviando o foco dos corruptos.” disse o deputado.
No mesmo texto, amplamente divulgado em suas redes, o parlamentar é enfático em dizer que não consta na relação da delação premiada da JBS, e nem de qualquer outra. Leia na íntegra.
Ainda este mês, o ex-deputado federal Geraldo Simões também foi noticia, após ter sido citado em vídeo pelo delator da Odebrecht


One Response to “Deputado diz em nota que ‘nunca constará em delação’”

  1. Carlos Cesar

    Campanha? O cara nunca foi eleito a Porra nenhuma, atualmente tomou posse em manobras para lesar o erário público, por ser suplente de Nelson Peregrino.SEM VERGONHA.

Comentários fechados.