Terror por parte de políticos da prefeitura na Central de Abastecimento do Malhado

catsO Vereador Cosme Araújo (PDT) participou na última terça-feira, 11, de mais uma reunião com os proprietários dos boxes instalados no interior da Central de Abastecimento do Malhado.
Os trabalhadores relataram ao parlamentar que estão em pavorosos em virtude que nos últimos dias foram ameaçados de forma truculenta pelo vice-prefeito, Cacá dos colchões, que determinou de certa forma, o fechamento de todos os bares, sem nenhuma justificativa plausível.

A medida abrupta e irresponsável do município, conta inclusive, com o apoio do Ministério Público, na pessoa do promotor Dr. Paulo, que recomendou sem amparo legal a proibição de vendas de produtos que são comercializados no local há mais de 25 anos, sob pena de multa.

Os comerciantes informaram que se trata de mais um terror psicológico implantado pela turma da prefeitura, que está desesperada com a impopularidade e, consequentemente, a grande derrota que está por vir nas eleições de 2016.

Na última sessão ordinária da Câmara de Vereadores, alguns parlamentares questionaram o comportamento do Promotor de Justiça que sempre tem se posicionado sistematicamente ao lado de um Prefeito que possui centenas de processos sem julgamentos.
EM TEMPO: O VEREADOR COSME ARAÚJO convocou para a próxima 4ª feira, dia 19/08, SESSÃO ESPECIAL para tratar desta situação. A sessão acontece às 16 horas no Palácio Teodolindo Ferreira.



2 Responses to “Terror por parte de políticos da prefeitura na Central de Abastecimento do Malhado”

  1. antonio amparo Badaró

    A falta de habilidade por parte do pessoal da Prefeitura em relação a essa questão é uma constante.
    Um dos responsáveis, o Secretário de Indústria e Comércio, sem nenhuma experiência em lidar com pessoas, não tem a minima ideia de como exerce as funções inerentes a pasta.

    Sua atitude no Shopping Popular alguns dias atrás, vem sendo de total desrespeito com os trabalhadores que ali labutam. As ameaças de tomar boxes de forma ilegal e transferir para seus apadrinhados tem sido um fato corriqueiro.

    Será que o Prefeito Jabes não percebeu ainda que esse Secretário não tem habilidades para exercer tal função?

  2. anonimo

    SOBRE O SHOPPING POPULAR NO CENTRO DE ILHÉUS, A CONSTRUÇÃO DE TODAS AS LOJAS FORAM CUSTEADAS PELOS COMERCIANTES. NÃO FOI APLICADO UM CENTAVO DO MUNICIPIO NAS CONSTRUÇÕES.

    É UM EMPREENDIMENTO QUE MUDOU O ASPECTO DE UMA ÁREA ANTES ABANDONADA PELO PODER PÚBLICO. SÃO MAIS DE 500 EMPREGOS DIRETOS GERANDO RENDA PARA A CIDADE

    AS CONSTRUÇÕES FORAM AUTORIZADAS PELA PREFEITURA. NÃO SE TRATA DE INVASÃO.

    OUTRO FATO IMPORTANTE É QUE TODO O ESPAÇO ONDE ESTÃO AS LOJAS SÃO DE PROPIEDADE DA UNIÃO.

Comentários fechados.